Últimas notícias

  • Coleção primavera/verão Ouseuse exalta a África e levanta bandeira do não preconceito racial

    Tudo a que se refere à África é superlativo. Terceiro continente mais extenso, com cerca de 30 milhões de km², corresponde a 20,3% da área total da terra firme do planeta. É o segundo mais populoso do mundo, com cerca de um bilhão e 200 mil pessoas. Possui 54 países independentes e pouco mais de 2 mil línguas faladas, além de mais de oito mil dialetos. Por tudo isso – e um pouco mais – a África é um continente com uma grande diversidade étnica, cultural, social e política.

    Para muitas pessoas, a África significa apenas fauna e flora. Mas o continente africano não é só isso. Ainda que esteja longe de oferecer os melhores padrões de vida à sua população, está ligado à ancestralidade humana e, por isso mesmo, possui uma cultura rica e extremamente diversificada. Infelizmente, a África também é conhecida por ter sido subjugada por países imperialistas. Milhões de africanos, ao longo de séculos, foram escravizados e levados a criar raízes em outras partes do mundo, inclusive no Brasil. E, até hoje, em pleno século XXI, o preconceito racial é uma chaga carregada por negros do mundo todo.

    “Se pararmos pra pensar, a história dos negros é muito triste. Mas eu conheci um pouco da África e pude constatar o quanto de alegria, cor e riqueza humana existem naquele continente. Sou apaixonada pela África e por sua cultura, sou amiga de muitos negros e, em um momento que vivemos uma discussão ferrenha em relação ao preconceito racial, acho importante homenagear esse continente e levantar essa bandeira”, comenta Rosana Marques, proprietária da Ouseuse, marca que acaba de lançar a coleção primavera/verão 2020/2021 inspirada no continente africano.

     

    Ouseuse Lingerie Coleção verão 2021 - Atacado

    AfricOU

    As raízes da cultura brasileira estão fortemente ligadas aos negros. A dança, a música, a religião, a culinária e o idioma possuem influências marcantes da cultura africana. Em vários estados brasileiros, essa extensão se faz notar de maneira ainda mais acentuada, como Bahia, Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

    Mas como nem tudo é passado, a Ouseuse também buscou referências contemporâneas para a confecção das novidades. Assim, filmes como O Rei Leão, Pantera Negra e Rainha de Katawe também tiveram sua participação nas inspirações buscadas pela Ouseuse. “O Rei Leão é um clássico e inspirou, principalmente, a cartela de cores. O Pantera Negra foi uma grande referência para o design, o recorte e os acessórios das peças. E a Rainha de Katawe trata do empoderamento de uma mulher negra. Assim, todos esses filmes contribuíram para o resultado final”, explica Val Allans, consultor de moda que ajudou no desenvolvimento da coleção AfricOU.

    As cores terrosas dominam a cartela de cores das linhas lingerie, praia e fitness da coleção AfricOU. Mas tons fortes, como o amarelo, o vermelho e o verde savana também estão presentes, assim como estampas com rosto de mulher negra.

    “Essa coleção está um luxo só! Além das peças maravilhosas, convidamos duas modelos negras lindas para a sessão de fotos. Com certeza, elas valorizaram ainda mais as peças. E desejamos, com essa coleção, embelezar e empoderar as mulheres por meio da raça negra, e levantar a bandeira do não preconceito racial. Enfim, a Coleção AfricOU, é um convite às mulheres a mergulharem na cultura africana por meio da Ouseuse Lingerie”, diz Rosana.

    Leia mais

  • Outubro Rosa: Ouseuse incentiva a doação de cabelo entre clientes, colaboradoras e comunidade

    Ouseuse Lingerie Campanha Outubro Rosa - Moda Mulheres

    A pandemia da Covid-19 irá marcar o ano de 2020. Mas o mês de outubro já deu o ar da graça e, com ele, também é preciso lembrar o combate ao câncer de mama. A Ouseuse Lingerie, uma das maiores empresas de moda íntima de Juruaia-MG (polo mineiro do setor), acaba de lançar a campanha #cuidadodeamiga, que tem por objetivo incentivar a doação de cabelo para a confecção de perucas para mulheres que perderam o cabelo por causa da quimioterapia.

    “É uma situação delicada, pois muitas mulheres não gostam de ficar expostas. Muitas ficam constrangidas. É para ajudar essas mulheres que, este ano, resolvemos fazer uma campanha para incentivar a doação de cabelos. É uma maneira de auxiliar em um momento delicado do tratamento, pois a quimioterapia é um processo agressivo. Uma peruca, com certeza, pode fazer a diferença, pois não se trata apenas da parte estética, mas, sobretudo, da autoestima”, explica Rosana Marques, diretora executiva da Ouseuse.

    Para colocar a ideia em curso, a Ouseuse fez parceria com quatro profissionais da beleza de Juruaia. Durante todo o mês de outubro, clientes, colaboradoras e mulheres em geral serão convidadas a cortar e doar seus cabelos. Um desses profissionais é o Alan Felipe, que tem um salão homônimo. "Eu tenho algumas clientes que já passaram pelo câncer de mama, tiveram que raspar o cabelo e sei o quanto é triste. Eu trabalho no ramo de beleza, e quando a gente faz um corte ou arruma um cabelo, sabe o quanto isso mexe com a autoestima da mulher. E quando ela passa por essa fase de ter que raspar o cabelo por causa do tratamento, é muito lindo ver uma mulher doar seu cabelo para ajudar uma outra a se sentir melhor”, diz Alan. “Por isso, pra mim é uma honra muito grande participar dessa campanha”, completa.

    Para incentivar ainda mais, a Ouseuse vai dar, para cada mulher que fizer a doação de cabelo, um brinde Ouseuse. “Os cabelos doados para a campanha, que será realizada durante todo o mês de outubro, serão entregues ao Centro de Oncologia da Santa Casa de Alfenas. Espero, com isso, criar uma empatia com a causa do câncer de mama e ajudar o máximo de mulheres a se sentirem melhores”, completa Marques.

    Live Câncer de Mama

    A diretora da Ouseuse também fará uma live com a amiga Principilina Batista. Natural da Guiné-Bissau - África Ocidental, Principilina mora atualmente em Nice, no litoral sul da França. Rosana a conheceu aqui no Brasil e, em uma missão empresarial em Lisboa -Portugal, as duas voltaram a se encontrar e a amizade se solidificou. Rosana conta que, para a próxima coleção da marca, inspirada na África, Principilina ajudou em relação às estampas. A live, porém, será focada no Outubro Rosa, já que Principlina enfrentou um câncer de mama. O bate-papo online sobre superação será realizado no dia 17 de outubro, às 15h (horário de Brasília – 20h na França), pelo Instagram RosanaOuseuse.

    Serviço

    Evento: Campanha de Doação de Cabelos Ouseuse #cuidadodeamiga

    Período: Durante todo o mês de outubro

    Onde doar: Alan Felipe (Rua dos Matias, 576 – Juruaia-MG – (35) 99173-0102)

    Celso Carlos (Rua Irmãos Castro, 280 – Juruaia – MG – (35) 3553-1697)

    Letícia Melo (Rua Jairo Domingues Siqueira, 560, Juruaia - MG – (35) 9145-2569)

    Studio WZ (Rua Mário Marques Bueno, Juruaia - MG - (35) 99267-0041)

    Leia mais

  • Le Define lingerie em parceria com Mc Mirella

    Com o intuito de oferecer experiências únicas para suas clientes, hoje a marca é 100% empenhada em surpreender! Com isso, a escolha de suas modelos, criação das peças, matéria-prima e atendimento, são a ênfase dessa marca que expande-se com grande velocidade a todo Brasil e exterior. Sendo localizada em Juruaia - MG a capital da lingerie, seu atendimento é de forma online. Tornando sua experiência de compra ágil e prática, tanto para o atacado quanto para o varejo!

    Hoje enaltecendo seu sucesso, a marca tem a honra de ser recomendada e queridinha por celebridades como: Mc Mirella, Marina Ferrari, Virgínia Fonseca, Mc Tati Zaqui, Carol Narizinho, Lívia Andrade e muitas outras! E além de serem queridas pela marca, dão um UP nos negócios de suas clientes, o que faz a marca ser cada vez mais requisitada por oferecer um suporte preparado e diferenciado. Sendo com certeza, um grande diferencial que a marca proporciona a quem ingressa com a Le Define nesse sucesso!

    Constatando a necessidade de produtos para o segmento de lingerie sem bojo, sensuais e diferenciadas, a marca dedica-se a criação de conjuntos de lingerie, bodys, camisolas, robes, avulsos e acessórios. E com preferências e necessidades de uma mulher, a marca soube suprir à seus desejos trazendo um diferencial, que foi além da satisfação do uso das peças, e veio a proporcionar mudanças no âmbito financeiro, conseqüentemente a independência financeira.

    Hoje a Le Define Lingerie deixa um convite a você para tornar-se parte dessa equipe, sendo uma revendedora de sucesso comprando diretamente da fábrica. Com valores especiais para o atacado, entre em contato com suas Consultoras de Vendas e tenha todo suporte necessário! Corra, suas coleções são produzidas com estoque limitado, não vá ficar de fora!

    Localização - Le Define Lingerie - Juruaia-MG Endereço: Rua Vereador Alberto Mário Segreti, 101 - Juruaia-MG

    WhatsApp da Le Define Lingerie - Juruaia-MG WhatsApp: (35) 99890-0566  (35) 99910-0566  (35) 99956-5007  (35) 99993-9399

     

    Leia mais

  • Homens buscam espaço no mundo das lingeries

    Quem pensa que o ramo da moda íntima é um setor no qual apenas as mulheres atuam está completamente enganado. É bem verdade que elas dominam a área de lingerie. A exemplo disso, o polo da moda íntima de Juruaia (MG), considerada a capital da lingerie, tem 95% de suas confecções lideradas pelo sexo feminino.

    joao carlos de iorio lindelucy lingerie juruaia mg

    Ao todo, são mais de 200 empresas instaladas na cidade, onde vendem mais de 1,5 milhão de peças por mês. Anualmente, são produzidas aproximadamente 20 milhões de peças. Um verdadeiro complexo, no qual as mulheres mostram do que são capazes.

    No entanto, nesse cenário majoritariamente feminino, os homens se renderam à moda íntima e deixaram de lado carreiras e áreas de atuação para ingressarem nesse mercado.

    O ex-boia fria e agora administrador da Lindelucy Lingerie, João Carlos de Iório, é um exemplo dessa migração. Ele nasceu em uma fazenda e com 11 anos mudou-se para o centro de Juruaia-MG. Aos 22 anos, casou-se e, passado um tempo, ingressou em um supermercado da região. Junto com sua esposa Lúcia Lório conseguiram um empréstimo e deram início a uma confecção de moda íntima. João Carlos trabalhava nas duas atividades. Continuou no supermercado e nas horas vagas fazia a entrega das peças produzidas. Ficava a cargo dele limpar, embalar e sair para vender as lingeries durante o dia para sacoleiras.

    “No começo foi estranho vender lingerie. No entanto, percebi que era preciso discernir o uso do produto. Focava na qualidade e trabalhava com indicação. Senão ficava difícil a pessoa me receber em casa”, lembra João Carlos. O empreendedor atua no ramo desde 2004 e ressalta que as lingeries são o sustento de toda sua vida. “Foi o que me tirou da roça e me deu a oportunidade de aprender a administrar”.

    Já Gustavo Piza, também administrador em uma confecção de Juruaia, tinha a intenção de cursar Direito e seguir carreira militar, mas acabou cursando Administração e começou a assumir cargos de mais responsabilidade na empresa familiar. “Peguei gosto e me dediquei à moda. É um mundo muito vasto e estou realizado” conta.

    Val Allans seguiu por outro caminho no ramo da moda íntima. Antes de trabalhar no polo, chegou a atuar como assistente de padeiro, atendente de sorveteria e até em uma funerária. Com 15 anos começou a trabalhar em uma confecção de lingerie e aprendeu a costurar em todas as máquinas e a cortar, além de ter acesso a fundamentos de vendas e marketing, modelagem e desenvolvimento de produto. Gostou tanto da área que foi buscar uma formação e cursou uma pós-graduação em Moda e Negócios. Depois de um tempo, criou a marca própria.

    Com a experiência reunida começou a fazer trabalhos para outras empresas, que buscavam nele, principalmente, conhecimento em produção de moda, desenvolvimento de coleção e vitrinismo. E mais uma vez, a lingerie abriu as portas para Val Allans, que iniciou mais uma empresa. “Vi na lingerie e em Juruaia a oportunidade de crescer profissionalmente. Esse mercado me trouxe a realização pessoal e a concretização de sonhos”, explica.

    O polo da moda íntima de Juruaia gera cerca de 5 mil empregos, tanto para homens quanto para mulheres. Para ofertar cada mais oportunidades, a cidade realiza todos os anos diversos eventos, como o 16º Festlingerie Juruaia, um dos principais encontros do setor da moda íntima, praia, fitness e pijamas do país, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju) e pelo Sebrae Minas.

    O evento, que terá pela primeira vez sua edição 100% on-line, acontecerá entre os dias 21 e 26 de setembro e será transmitido pelo www.festlingeriejuruaia.com.br. A participação é gratuita.

    Durante o festival, 50 marcas vão lançar suas coleções primavera e verão 2021, com peças personalizadas e tecidos com alta tecnologia, que permitem mais conforto e leveza, sem deixar de lado o brilho e a beleza, além de outras surpresas. De acordo com o gerente da Regional Centro-Oeste e Sudoeste do Sebrae Minas, Leonardo Mól, é uma oportunidade única para revendedores e lojistas de todo o Brasil adquirirem as peças que vão contribuir para ditar a moda pelo país e internacionalmente.

    Para o presidente da Aciju, José Antonio da Silva, o Festlingerie reserva excelentes expectativas. “O evento representa a abertura das vendas de Natal. Esperamos que o volume de negócios nesta época do ano seja ainda mais generoso”, afirma.

     

    Serviço:

    16º Festlingerie Juruaia

    Data: 21 a 26 de setembro de 2020

    Participação do público: Gratuita

    Telefone: (35) 3553-1327

    Leia mais

segredo da paixao juruaia mg logo

Procurando por algum produto?

- Conjuntos de Lingerie

- Espartilho

- Sutiã, Calcinhas Fio Dental

- Corset

- Pijamas

- Camisolas

- Lingerie Plus Size

- Biquini

- Cuecas

  • Ótimas oportunidades de negócios

    Confira as novidades do setor de moda íntima.

    Eventos e Feiras de Lingerie em Juruaia-MG

    Confira

  • Feira de Lingerie de Juruaia

    FELINJU

    A Felinju, Feira de Lingerie de Juruaia-MG, é considerado o maior evento do segmento de Moda Íntima de Minas Gerais, teve início em 1998 e, sem dúvida, foi um grande marco na evolução do município nesse segmento. A cada ano a quantidade de negócios efetuados aumenta e a cidade recebe um maior número de visitantes que buscam novidades desenvolvidas pelos criativos estilistas de Juruaia-MG. Devido a grande quantidade de confecções de lingerie na cidade, os visitantes encontram uma diversidade muito grande de peças, que se destacam pela beleza, qualidade e criatividade, aliada aos bons preços. A tradicional Feira de Lingerie que tem como principal objetivo lançar a coleção Outono/Inverno, acontece todos os anos, no final do mês de Abril.




    Confira

  • Feira de Moda Íntima

    FEST LINGERIE - JURUAIA-MG

    Para fechar o calendário especial, em setembro acontece a Festlingerie, que apresenta a coleção Primavera/Verão. A Festlingerie coincide sempre com o feriado de 7 de setembro e recebe cerca de 15 mil visitantes e clientes a cada edição. O festival da lingerie permite aos clientes percorrerem diretamente entre as lojas que, alem de apresentarem as novidades, fazem ações promocionais e participam de sorteios, como o Show de Prêmios e o PiStop ACIJU. Além do lançamento das coleções, a Festlingerie é oportunidade de negócios e abre a melhor temporada de vendas em moda íntima na cidade. A partir do evento, as confecções trabalham a todo vapor e o mercado permanece aquecido.




    Confira

  • Super Promoção

    OUTLET JURUAIA

    Em janeiro é realizado o Outlet Juruaia, uma mega liquidação com descontos de até 70% nos produtos. Com a preparação das coleções outono/inverno, as confecções queimam seus estoques a preços convidativos e tomam fôlego para preparar as novidades para a estação mais fria do ano. A Outlet acontece sempre na segunda quinzena de Janeiro e recebe cerca de 10 mil visitantes. A última temporada de liquidações, teve participação de 44 lojas. Segundo a Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju), a cidade recebeu cerca de 10 mil visitantes durante os dias do evento. Deste a primeira edição, a outlet aquece a economia local atraindo compradores atacadistas e varejistas de todo Brasil.




    Confira